Powered by Bravenet Bravenet Blog

WebMaster

journal photo

Subscribe to Journal

Sunday, May 31st 2009

5:43 PM

Alexandrino Rodrigues da Silva Júnior

 

 

Apareceu cá certo dia
saído da abadia,
E trazia na bagagem
Além da sua roupagem,
Bom sortido de latim,
Do tempo do Serafim.

Pouco tempo foi passado
E ai, o espírito refinado
acabou cedo destroçado.
Entre a maldade
Cedo foi a santidade.

Porém uma coisa é certa
Ele é bom é na pelota
Embora seja regente
tem bom domínio na bota

Romântico por natureza
Sonhador impertinente
Tem miúda que é uma beleza
D'abrir a boca e mostrar o dente.

Já faz tensão de casar
Mal o curso terminar
Não há muito que esperar
É só um pouco aguardar

Bem, estes versos vou findar
Mas vou ainda desejar,
Que a tua ilusão fagueira,
Não seja visão passageira,
Seja uma certeza verdadeira.

Do colega e amigo VILELA




Mas que sermões
Vai o rapaz prègando
Arrasta multidões
À medida que vai passando.

Às garotas já não liga
Diz estar engatado,
Por uma boa rapariga
Está ele apaixonado.

o Curso vai findar
Após tanta canseira
Por tanto ele marrar
É regente de Primeira

Do amigo CARREIRA



Uns versos me pedistes
Para o livro de fim de curso,
Mas não sei o que dizer
Neste pequeno discurso.

Mal chega à Escola, coitado
Anda com as férias na boca
É que ele anda apaixonado
E só pensa na garota.

Nesta hora de abalada
Só resta a recordação
Que tenhas a carteira recheada
E o amor no coração.

Faço-te ainda mais um verso
Para te lembrar que fiquei
E que está sempre ao dispor
O teu amigo «Mickey»

 

 

 

 

 

 

0 Comentários.

There are no comments to this entry.

Post New Comment

No Smilies More Smilies »