Powered by Bravenet Bravenet Blog

WebMaster

journal photo

Subscribe to Journal

Friday, June 5th 2009

9:06 AM

Eduardo Guilherme Teixeira Monteiro

Colega falecido....Paz à sua Alma




Por «paninas» conhecido
O NéNé põe-se a chorar.
De cow-boys muito sabido
Umas patilhas de assustar

O curso vai findar
Com algum sacrifício,
De seis anos a estudar
Aprendeu um ofício.

Com um olho de cada cor
Parece um camaleão,
Vai tirar o superior
Para tratar do irmão.

Um  abraço de despedida do amigo AIFLAS


Bem pequenino é
Veterinário há-de ser
Com o nome de NéNé
Mesmo contra o seu parecer.

Vícios? Não os tem...
Poucos talvez não,
Pior é que alguém
O lembra que é anão.


Nunca vertigens sentiu
É pequenino de nascença,
Nadar em um metro de rio
É motivo para encrenca.

Um abraço do REBOCHO  (Big-Feet)


Muito pequeno e arrebitado
Passa a vida a protestar,
Este Regente fadado
Que agora vai singrar.

um Doutor quer ser
Para de burros cuidar,
Até lá há-de crescer
Para podê-los tratar.

Muito amor e dinheiro
Uma vida regalada,
Dez filhos e um telheiro
Leva a vida sem fazer nada.

(BERRA) GILBERTO



Que garoto pequenino
E chamam-lhe de NéNé,
Por ser muito rabino
Passa o dia «uém» «uém»

De berço cá chegou
De biberon vai marchar,
Seis anos cá ficou
Só para nos arreliar.

O fruto amadurece
a semente vais colher,
Cresce e aparece
Não me venhas aborrecer.

Do amigo CARREIRA



Não sei bem de onde ele é,
Se não me engano é do Cuito,
Metia graça este bebé
Com pretensões a miudito.

Mesmo miúdo não sei...
Tirou o curso num tiro.
E vai deixar muitas saudades
Na Escola do Tchivinguiro.

Não te esqueças ó NéNé
Que eu ainda cá fiquei
Um abraço e um pontapé
Do teu amigo MICKEY



Oriunda da Chibia
Veio parar à Escola
Para um curso médio tirar
À custa de muita esmola.

Ora pacato, ora rebelde
É este estimado colega,
Regente de fibra será
E risonho futuro o espera.

NéNé é a sua alcunha
Monteiro o seu apelido,
Um pouco irrequieto
E disso não duvido.

Tem fama de bom aluno
Nas aulas um pouco atrevido
Brincando com os Professores
Sem o mínimo de motivo.

É pena que já saibam
e o facto é de espantar
Talvez não acreditam
Acabou agora de desmamar.

Um abraço de despedida do amigo
COUTO JR.








 
0 Comentários.

There are no comments to this entry.

Post New Comment

No Smilies More Smilies »