Powered by Bravenet Bravenet Blog

WebMaster

journal photo

Subscribe to Journal

Saturday, June 6th 2009

4:25 AM

João Manuel Serôdio de Figueiredo Ferreira de Almeida

 

Um tão grande bombeiro,
Agarrado à moral
Das vacas será parteiro,
Na loucura sem igual.

Agarrado à Psicologia,
100% exagerado.
Com toda esta mania,
Reverteu em forcado.

Simbiose dos colegas  AIFLAS e PRÓS-COPOS


Há coisas incompreensíveis:
Quer o Serôdio escalar
escarpas inacessíveis.
Erram as vocações,
Que enganos,
Ainda tem ilusões
Depois de gatares dois anos?
Não faças essa gente rir,
Não vás p'rá veterinária,
Tens vocação e deves seguir
O curso de culinária.

Do PEREIRA GOMESZINHO



Uns versos eu quis fazer
P'ró eu livro fim de curso,
Mas não sei o que dizer
Pois tu sempre foste urso.

Nesta hora d'abalada
Só te quero desejar,
Um esposa engraçada,
E muitos filhos pr'amar.

Do amigo MICKEY


«Ou est vous Josefina?
Je suis Napoleon.»
Passa-me a heroina
Que já não estou nada bom.

Descendente do Alcaide de Faria
este Serõdio amalucado,
Diz-se primo de D. Maria,
E o senhor dum grande ducado.

Da melhor casta real
O Bombeiro, D. Verdinho,
Apanhou um pifão tal
que até falava mansinho.

Bem, este «Biatnick» vou terminar
Por já estar muito cansado
E já chega de «chatear»
Pois já estás envergonhado.

Do colega amigo ABREU COUCEIRO DA COSTA
(Prós-Copos)



Quiçás um dia,
ao som da melodia
a escola lembrarás
e, alto gritarás
do teu ventre fundo,
«Teu velho mundo».


Gritarás alto.
estremecendo o cobalto,
aloncado, perdido,
p'lo pensamento retido,
do que foi teu lido
quando'ora vagabundo,
«No teu velho mundo».

«Teu velho mundo»
mundo do preto pobre,
q'anda descalço e de zagaia,
que só tapa seu sexo
que bebe macau e quimbombo,
da preta de colares na cinta
e com excrementos e barro
adornando sua carapinha.

«Teu velho mundo»
mundo de preta limpa,
da que diz não ser gentia,
só porque tapa seus seios
e lava roupa do branco
do branco que a amantiza.


«teu velho mundo»
terra dos ventos, d'água,
do capim, das árvores,
das cobras, das onças,
das vacas, das cabras,
dos homens...
homens que trabalham,
homens que estudam,
homens que ensinam.

«Teu velho mundo
mundo velho teu.»

Do colega e amigo SALAZAR









 

 

1 Comentários.

Posted by José Cepêda Leitão:

Fala Amigo Karateka, lembras de mim?

Abraços,
Zé:(
Tuesday, June 19th 2012 @ 6:21 PM

Post New Comment

No Smilies More Smilies »