Powered by Bravenet Bravenet Blog

WebMaster

journal photo

Subscribe to Journal

Monday, June 8th 2009

6:07 AM

Carlos Alberto do Amaral Pombares

 

De Micocas foi alcunhado
este meio palmo de gente,
para poder ser falado
veio e formou-se Regente.

É pequeno mas tem garra
Quando cheira a futebol.
Não sai de nenhuma farra
enquanto lá houver tintol.

Não te zangues comigo
pois é tudo a brincar.
Adeus meu grande amigo,
pensa sempre em trabalhar.

Do amigo CHAVES


A malta nas férias
pode ir passear...
Angola correr,
não estou a gozar.
A malta precisa
a massa arranjar
Pegar na camisa
a coisa é concisa,
é só arrancar.

São 40 paus...

Puto não recua;
o espelho, a toalha
na mala encafua
e estamos na rua...
«Tamariz nos valha».
e o golpe do Bafo ?
Gatuno do taco
fanava tabaco
sem ligar aos ais
do pobre Bafo
que ingénuo julgava
fumar muito mais ?

Na «turma» cantavas
e tocavas bem !!!...
Macau detestavas,
O Ruivo também.
E o pretalhão
que logo embirrou
c'o filho da «São»
que alguém fabricou ?

O americano
só cantava fado
Fulano bacano !
nosso violão
de tudo sabia
que a malta dizia.
Pergunta-lhe um dia
se a gente pecou
na vida de cão
que gente levou.

Com um alcoólico e sanzaleiro abraço do sempre amigo
AZEVEDO



Chora, bem levemente
como quem está com fome
passa o dia a comer
parece que nunca come.
Será maluco ?
o que será ?
Anda o dia inteiro fulo,
diz que comida não há.

Fui ver, era o Micocas
com uma bolha no pé
uma chupeta na boca
coitadinho do bébé.

Tão pequeno
já Regente
este pedaço de gente.

Do amigo sincero MICKEY


Nunca ouvi dizer
Não quero.
Em frente de um garrafão
bebe vinho com esmero
anda sempre com um pifão.

Já o troxe uma vez
ao colo
para a escola, do Caholo
lá porque o meninozinho
encheu a pança de vinho.


Uma vez ele foi caçar
não sei o dia nem a hora,
disparou um tiro para o ar,
viu uma cobra voadora.

Toma juízo miúdo
para seres Regente afamado
ter esposa, filhos, tudo,
E cresceres mais um bocado.

Teu amigo sincero ELIÉZER «Esgóia»


Tem o curso tirado
depois de tanto estudar
Por vezes chateado
só gostava de malhar.


Torrinha, quero tabaco
arranja-te, quero fumar !
Depois de um tempo dado
tinha-me que desenrascar.

havia sempre maca
quando muito copo bebia
Dava a todos lambada
com um certa alegria.

Adeus meu borrachão
Felicidades te desejo.

Bicho amigo TORRINHA


Alguém vem do Caol,
caindo com o briol.
Pára, Quero vomitar
e, nas bisspas descançar.

Tem que o amigo Salazar
em cima das costa o deitar.
Discutindo assim vem,
esse maluco, esse Alguém.

Sim, esse doido, esse louco,
que o vinho achava pouco,
mas que lhe tirou os maus ares
a esse taquito, é o Pombares.

Teu grande amigo e colega  SALAZAR




 

 

0 Comentários.

There are no comments to this entry.

Post New Comment

No Smilies More Smilies »