Powered by Bravenet Bravenet Blog

WebMaster

journal photo

Subscribe to Journal

Sunday, June 14th 2009

6:21 AM

José Carlos de Barros Moreira de Oliveira Pegado «Malaquias»

Colega falecido a 14 de Junho de 2007 em Évora.  Paz à sua Alma




PAI
Palavra tão pequena
mas tão grande
A Ti meu PAI
que me destes carinhos
A Ti que tantos sacrifícios
e canseiras tiveste
para eu poder ser alguém na vida,
Dou-Te agora a alegria
de ter acabado este curso.
Mas, pergunto: poderei eu algum dia
pagar o que deste?
Não, nunca tal será possível
porque Tu deste-me
a Existência.

Do teu filho querido  ZÉ CARLOS



Ginástica especial e pernas de corredor
Perguntareis: quem será personagem tão falada?
Pois este tipo com ar de galanteador
Não passa do Capitão Malaquias o terror da bicharada.

Cinco anos já lá vão
Quantos assaltos fizemos?
Não o digas a ninguém, senão
Voltamos para donde viemos.

E agora para terminar
Caro amigo Pegado
Vamos ver se nos pomos a andar
Deste pequeno burgo afamado.

Um forte abraço do colega e amigo LUÍS ALBUQUERQUE «Moby Dick»



Na flor da vida acabaste
O teu curso de Regente
Coitado, como suaste
Em companhia da gente.

Acabou-se a grande tortura
talvez outra pior virá
Como há neste vida fartura
De toda a coisa que é má.

Como já deves saber
Refiro-me ao «Glorioso»
É bem feito.Hàs-de ver
Como deixas de ser vaidoso.

A pintura morre em ti
Deixas também de regar
E quem sabe? Eu já vi
Alguns deixarem de gaguejar.

Bem, vou terminar
Pois tenho mais que fazer
Só me resta desejar
Na tua vida prazer.

Do teu amigo e colega BRANCO DE CASTRO «BItuite»



Qual tartaruga caminhando
É o Pegado a falar
Mas lá se vai explicando
E até consegue aldrabar.

é um mau crítico de arte
E de música também é
Tem carta de condução
Não é chique andar a pé.

Até à vista companheiro
Até à volta se Deus quiser
Sempre cheio o mealheiro
P'ra que tudo possas ter.

Deseja-te o amigo MICKEY



Lembras-te concerteza
Quando te fui apresentado
Fí-lo com realeza
Mais valia ter ficado calado.

Quando começaste a gaguejar
Pensei que estavas a gozar
Mas para meu bem estar
Tu estavas mesmo a falar.

Na praxe foste um tirano
Os bichos fizeste fugir
Mas chegando ao fim e ao cabo
T foste um bom veterano.

Sem, mais te quero desejar
Felicidades sem par
Para a vida que vais começar.

Um  abraço do amigo Portugal



MALAQUIAS:

Umas palavras vão sair
Mal alinhadas embora
Mas a elas não podia fugir
Porque deixas esta Escola.

Aqui  nos conhecemos
Aqui ficamos moendo
Aqui muito fizemos
Durante todo este tempo.

Duas horas da madrugada
Aí vão os terroristas da camarata
Todos os dias bruxas em «barda»
Que faziam cavar toda a malta.

Humpata dia de grande festa
Mulheres que mais pareciam Camafeus
Beber é tudo o que nos resta
E foi o que fizemos, graças a Deus.

Iniciaste uma nova etape
Mete os pinos e as maneirinhas
No...bolso, segue em frente
E vê se ganhas umas massinhas.

Com um abraço do amigo REBOCHO



É um tipo convencido
Mas fala a prestações
É chefe dos cabulões
Este «gajo» divertido.

Tem a mania dos pinos
E da ginástica aplicada
E se faz coisa engraçada
Lança sorriso «Kolynos».

De Malaquias alcunhado
O nosso protagonista
É o mais «louco» finalista
J.C. de Oliveira Pegado.

Em breve nos deixarás
Visto agora seres Regente
Chorarás este ambiente
E saudades daqui levarás.

Na hora da despedida
Uma coisa vou desejar
Felicidades sem par
P'ró resto da tua vida.

Um abraço do Bicharoco BRUNO DE SOUSA



Rafael pintou Gioconda
Da Vinci, Mona Lisa.
Teimou o amigo Malaquias
E até apostou a camisa.

Amigo não te vás chatear
Por eu contar as verdades
Agora te vou desejar
Imensas felicidades.

Do amigo CABILHA



P'ra versejar me pediste
e p'ra isso vou tentar,
mas se a musa não me assiste
já não te posso «chingar».

Da pintura te gabaste
pois de Da Vinci és irmão
e o quadro já borraste
mal lhe puseste a mão;
mas, Cervantes ou Rafael
já são coisas do passado
e as glórias do pincel
foram todas p'ró Pegado.

E agora para terminar
venho-te aqui desejar
felicidades e dinheiro
engates p'lo ano inteiro.

Do colega «Dr. Carriço»



Todo direito, todo selecto
Alguém vai a passar
Amigos, podem dizer
Que é o sangue azul do Pegado.

Na mesa é um papelinho
Com aquelas sua poses...
Porém o Ruivo com ar anjinho
E as turvas frases
Tem estragado o «menino».

E agora amigo Pegado
Que a Escola vais largar
por o curso terminar,
Só te quero desejar
Felicidades em par
E muito «bago» no bolso.

Do amigo ESTICA
0 Comentários.

There are no comments to this entry.

Post New Comment

No Smilies More Smilies »